Autor

Por: p2b Comunicação e Marketing em 21/08/2018

E-mail Facebook Twitter Linkedin Google +

Branding digital: o que é e como fazer a gestão da marca na internet?

Empresas que têm um bom branding têm uma melhor performance em processos de marketing e vendas. Entenda!


Diante da concorrência e da busca, cada vez mais intensa, dos clientes por inovação, as empresas têm sido influenciadas a encontrar alguma forma de se destacar no mercado. Nesse contexto, o branding digital pode ser uma ferramenta importantíssima.

Trata-se de uma ideia que pode fazer com que sua marca conquiste uma reputação de personalidade e criatividade. Quer saber como aplicar esse conceito para melhorar os resultados da sua empresa? Então continue no texto até o final!

O que é branding?

Em linhas gerais, branding é a gestão da marca, ou seja, é um esforço direcionado para tornar a percepção sobre a empresa mais positiva no imaginário das pessoas, com o objetivo de torná-la mais memorável.

A pergunta que deve ser respondida é: como melhorar a qualidade da conexão que existe entre o negócio e o cliente? A resposta geralmente envolve muitas coisas, como identidade visual, campanhas de marketing, planejamento de design, atendimento e por aí vai.

Assim, fica mais fácil traçar ações para que a marca tenha a reputação desejada, influenciando na escolha final da persona. Desse modo, o branding se concentra na criação e na manutenção da presença da empresa, fazendo com que ela seja lembrada facilmente.

Qual a diferença entre o branding tradicional e o branding digital?

O branding digital é a gestão da marca volftada a projetos em canais e mídias online. Desse modo, o conceito se adapta à maior velocidade da informação por meio de ações de marketing digital e de um esforço para transmitir a imagem da empresa por meio da internet.

É muito importante que os conteúdos postados na web correspondam às posturas e posicionamento empresariais, para não gerar contradições e prejudicar o engajamento online.

Além disso, lembre-se de que a comunicação por meio das mídias digitais é recíproca, ou seja, passa a ser mais fácil um cliente manifestar uma opinião pública sobre a empresa, ressaltando a importância de um branding construído com base nesse tipo de canal.

Quais são as aplicações do branding digital?

Identidade visual

Embora o branding tenha suas aplicações, algumas devem ser adaptadas. O design e a identidade visual deixaram de ser pensados apenas em meios físicos, como cartões de visitas. Agora, é bom pôr em conta sites, banners para redes sociais, infográficos etc.

Marketing de conteúdo

Trata-se de uma maneira de agregar valor para seus clientes, por meio de informações. Procure usar uma linguagem criativa e original que caracterize a marca nas interações por redes sociais e nos materiais escritos nas páginas da empresa. Estratégias de SEO são importantes nessa etapa do processo.

Fluxo de nutrição

O fluxo de nutrição é uma maneira de adaptar o ciclo de vendas por telefone para prospecção passiva, por meio do contato dos leads com seu conteúdo.

A primeira parte é a lista de e-mails. O visitante entra em contato com um material rico por meio de uma landing page, em troca de informações que vão ajudar o seu time a segmentar e qualificar esses leads.

Com base nos resultados dos e-mails, seu time pode elaborar um calendário editorial definindo os melhores intervalos entre as mensagens.

Fluxo de cadência

Para prospecção ativa, a cadência é uma linha pré-definida de contatos com os leads, trazendo seu time de vendas para outra esfera de atuação e adaptando o branding.

Trata-se de uma maneira de otimizar os contatos da sua equipe, definindo os melhores intervalos de tempo e o número de contatos que mais produz resultados.

A gestão da marca, como você pode ver, é uma maneira de garantir que a sua empresa seja percebida da maneira certa. O branding digital adapta esse conceito para a internet, aumentando consideravelmente as possibilidades de atuação.

Se a estratégia for bem feita, os clientes podem se tornar divulgadores dos seus produtos, fazendo com que a influência do negócio fique ainda maior.

E aí? Quer se inteirar mais sobre o assunto com conteúdos exclusivos? Então assine nossa newsletter!

LEIA TAMBÉM

Quais são os tipos de serviços digitais que uma agência oferece?

Por: p2b Comunicação e Marketing em 07/08/2018

6 estratégias de marketing digital para tornar as PMEs mais competitivas

Por: p2b Comunicação e Marketing em 03/08/2018

6 ações simples que promovem a otimização de pontos vitais do site

Por: p2b Comunicação e Marketing em 12/07/2018

Como uma agência ajuda a agregar valor ao seu produto ou serviço?

Por: p2b Comunicação e Marketing em 05/07/2018

Como a identidade visual modifica a percepção de valor da marca?

Por: p2b Comunicação e Marketing em 29/06/2018

Saiba quais são os tipos de agência que combinam com a sua empresa

Por: p2b Comunicação e Marketing em 18/06/2018

Afinal, o que é SEO e por onde começar uma estratégia?

Por: p2b Comunicação e Marketing em 05/06/2018

O que não pode ser divulgado nos anúncios no Google?

Por: p2b Comunicação e Marketing em 29/05/2018

Quais são as diferenças entre Inbound e Outbound marketing?

Por: p2b Comunicação e Marketing em 24/05/2018

Agência de marketing digital ou uma equipe interna: o que é melhor?

Por: p2b Comunicação e Marketing em 18/05/2018